quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Você

entendo você
que procura por você
você que quer se ter
ter e sem temer
entender o que é ser você

às vezes sem querer
esquecemos de nos ver
e  ai ficamos chato
uma chata calma
apresentar o corpo
e esconder a alma

não gosto de você
que é você só por que
viu algo na tv
e agora quer ser igual
eu sei mudar é natural
mas,

às vezes sem querer
esquecemos de nos ver
e ai ficamos outros
outros que não somos
uma falta clara
alegria paga e chata

escarre no espelho
peça seu conselho
procure o que precisa em ti
abra o baú que há em ti
e eu ti ajudo sendo enfim
ti ajudo sendo eu em mim

às vezes sem querer
esquecemos de nos ver
esquecemos de nos conhecer
de nos compreender, e ver,
que você é você

você só é você.

Nenhum comentário: